#aula13

Na aula de hoje tivemos uma longa conversa com o professor Caixinha, sobre o desenrolar do trabalho usando como ambiente de trabalho o Eclipse. 

 

Foi feito um questionário on-line, sobre se haveria ou não interesse, por parte dos utilizadores de aparelhos móveis, em partilhar conteúdos produzidos pelo próprio. A breve análise das respostas é como se segue:

 

 

Resultados do questionário sobre utilização de aparelhos móveis e partilha de conteúdos

 

O questionário foi realizado on-line, entre os dias 14 a 18 de Abril de 2012. O convite para responder ao questionário foi enviado para a mailing-list do DeCA, pelo que a esmagadora maioria dos participantes (22 dos 23 totais) é aluno deste departamento, sendo o outro inquirido do DeGEI. Como tal, o inquérito não é representativo da população em geral, nem sequer dos alunos da UA, mas apenas dos alunos do DeCa, o que possívelmente levou aos resultados obtidos quanto ao tipo de conteúdos produzidos.

As idades situam-se entre os 20 e 36 anos, sendo a esmagadora maioria situada ente os 20 e 23 (78%), o que reflecte o facto de a grande maioria dos inquiridos serem alunos de licenciatura.

A distribuição por género é equitativa, sendo 12 do sexo masculino e 11 do feminino. Não se distinguem diferenças significativas no tipo de conteúdos produzidos por homens ou mulheres ou no desejo de os poderem partilhar on-line.

A maioria dos utilizadores não possui aparelhos com sistema operativo Android (61% ) e dos que possuem menos de metade (43%) é que utiliza aplicações. Isto traduz-se em que efectivamente só 16,8% dos inquiridos é um potencial utilizador da nossa aplicação.

O tipo de aplicações utilizado é diversa, desde aplicações para ouvir e partilhar música a outras específicas de determinados jornais, etc. Embora a percentagem de utilizadores destas aplicações seja relativamente baixo, o grau de utilização é alto, sendo que a esmagadora maioria afirma utilizá-las com frequência ou mesmo com muita frequência.

Quando interrogados sobre se produzem conteúdos, todos os inquiridoe responderam afirmativamente, sendo a Fotografia o mais comum (57%), seguido de Música (30%), Design (9%) e Desporto (4%). Isto reflecte, mais uma vez, o meio em que os inquiridos se inserem, o DeCA, e faz todo o sentido nesse contexto. No entanto, apenas cerca de metade dos inquiridos tem vontade de os partilhar com o público em geral (57%), sendo, mais uma vez, a Fotografia o tipo de conteúdo mais disponível para partilha, seguindo-se também a Música, Videos, Projectos Web e Multimedia, Textos e Design.

 

Conclui-se que embora não existam muitos utilizadores de aparelhos Android e menos ainda que utilizem aplicações disponíveis para estes, os que utilizam fazem-no com regularidade e têm interesse em partilhar conteúdos feitos por si.

 

Os gráficos respectivos podem ser visualizados em https://docs.google.com/spreadsheet/ccc?key=0AuFxMfj5GImOdDZUSkdESUVGcVdKVU90YzRKNEkwb2c

 

publicado por sofia-e às 14:53editado por patriciaana em 07/06/2012 às 13:50